Você esta aqui: Home » Produtos » Esterilizador de ar para hospitais

Esterilizador de ar para hospitais

Ambientes que lidam diretamente com a saúde das pessoas exigem cuidados ainda maiores. Manter a qualidade do ar desses ambientes está entre as medidas prioritárias dos administradores. Desenvolvido pela USP, o SuperAr é um potente esterilizador de ar para hospitais, clínicas, laboratórios, bibliotecas, arquivos, lojas, escritórios, bem como ambientes corporativos e residenciais que utilizem ar condicionado ou sejam frequentados por pessoas com alergias respiratórias.

Esse potente esterilizador de ar para hospitais e vários outros ambientes impede a proliferação de microorganismos diversos, que podem não só causar doenças como também destruir acervos e patrimônios. O SuperAr possui um exclusivo sistema de esterilização em alta temperatura e curto tempo (HTST, conforme a sigla em inglês), que propicia um potente processo de aspiração que esteriliza o ar em uma câmara superaquecida dentro do esterilizador.

Através desse sistema ocorre a oxidação dos microorganismos, total ou parcialmente, que resulta na desnaturação protéica interna desses e na sua conseqüente morte. O processo utilizado no SuperAr, e que o torna um excelente esterilizador de ar para hospitais, destrói microorganismos em estado vegetativo ou em forma de esporos, bem como fungos, vírus e outros de dimensões menores que 20 micrômetros. O SuperAr teve sua eficácia comprovada por laudo do Instituto Adolfo Lutz, que atestou que o equipamento diminui em 100% o número de bactérias em suspensão no ar.

O princípio básico desse esterilizador de ar para hospitais, ambientes corporativos e residenciais é simples: o ar entra no SuperAr em temperatura ambiente e, na câmara de esterilização, é tratado à temperatura de 230ºC. Em seguida, esse mesmo ar, já esterilizado, é resfriado em temperatura próxima à do ambiente.

O esterilizador de ar para hospitais, laboratórios, clínicas, entre outros, foi desenvolvido para extinguir mesmo os microorganismos mais termorresistentes (resistentes ao calor) como as bactérias, fungos e ácaros. E contém um mecanismo auto-regulador, que desliga automaticamente o sistema de aquecimento se a entrada ou saída do ar forem obstruídas, fazendo do SuperAr um equipamento bastante seguro.

Prático e versátil, o esterilizador de ar para hospitais, laboratórios, clínicas, bibliotecas, museus, arquivos, residências, pode ser usado em tomadas de 120 ou 220 volts. Como não emite ruídos, é ideal como esterilizador de ar para hospitais, uma vez que não causa qualquer incômodo aos seus usuários.

Economia é mais um ponto a favor do SuperAr. Graças ao exclusivo processo HSTS, não utilizada filtro e dispensa manutenção. Pode ficar ligado o tempo todo, como exigido em esterilizadores de ar para hospitais, pois o seu sistema de reaproveitamento de energia gera um custo semelhante ao de um microcomputador ou de 4 lâmpadas de 60 watts. O consumo máximo de energia do SuperAr não ultrapassa 266 watts.

Devido às suas pequenas dimensões, 53 cm e 5,6 kg, o SuperAr se adapta a qualquer ambiente e exige cuidados simples, semelhantes à maioria dos aparelhos elétricos.

Desenvolvido pela USP (Universidade de São Paulo), o SuperAr possui o selo de qualidade ISO 9001.

Saiba mais sobre Esterilizador de ar para hospitais

Ligue para (11) 4612-5000 ou entre em contato por email.

O texto acima "Esterilizador de ar para hospitais" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.



Telefone para contato
(11) 4612-5000

Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.
Rolex would likely give this new technology a special audemars piguet replica marketing name and probably highlight it in a new product. From an advertising perspective rolex replica uk can also feature an upgraded shock-protection system with its ambassadors who play sports that can expose the timepieces to high amounts of shock and force. These can include golf, tennis, skiing, or yachting. Blog will pay close attention to Rolex in the near rolex replica watches future to see if and how they use this technology. Rolex would likely take issue with the fact that we are reviewing both the Rolex Datejust II and Rolex Day-Date II watches in the same article. Yes, the watches have an abundance of differences, each with rolex replica uk distinct options and features such as dials and bracelets. They also have two completely different movements. Nevertheless, both the rolex replica uk Datejust II and Rolex Day-Date II come in the same-sized case, and replica watches one that is virtually identical to each other.